Bem-vindo

A APNagi – Associação Portuguesa de Naginata é a associação nacional responsável pela prática de Atarashii Naginata ( なぎなた ), reconhecida desde 2014 pela ENF – European Naginata Federation.

Naginata é o nome da arte marcial e é também o nome da arma usada para a prática ( para a arma tipicamente utilizam-se os kanji 長刀 invés dos hiragana que são usados para o nome da arte marcial ).

Naginata (leitura em português: Naguinata) é uma forma de budô ( 武道, via marcial ) moderno, criado após a segunda guerra mundial, apesar de as suas raízes poderem ser encontradas no uso da naginata no campo de batalha desde o século VIII. O conceito [filosófico] da Naginata é o de nutrir pessoas com a mente e corpo em harmonia através da prática das técnicas [de Naginata].

Tecnicamente, Naginata é uma arte marcial tradicional japonesa que usa uma armadura protectora (bôgu, 防具) e uma alabarda/lança de lâmina curva com um comprimento total de 2.25m que é manejada de forma ambidestra e cujos alvos são as áreas protegidas pela armadura, nomeadamente: Men (面, o topo da cabeça), Kote (小手, as manoplas na área do antebraço), Dô (胴, a área abdominal), Sune ( 脛, as canelas) e, finalmente, Tsuki (突き) uma estocada à área da garganta. A maioria dos golpes é efectuado com a lâmina de bambu, havendo alguns golpes que podem ser efectuados com o bastão de madeira. A segurança dos praticantes, chamados de Naginata no hito (なぎなたの人) é da maior importância e é ensinada desde o início como parte da etiqueta (rei, 礼) inerente à prática da arte marcial.

A parte desportiva de Naginata consiste em competições de formas, chamadas de Engi Kyôgi (演技競技) e competições de combate em contacto pleno chamadas de Shiai (試合).

Naginata pode ser praticada praticamente sem limites de idade. É recomendado o início da prática aos 5 anos mas pode ser praticada até ao fim da vida.

Caso tenham interesse em promover/praticar Naginata na vossa área, entrem em contacto connosco através do e-mail apnagi.geral@gmail.com. É nosso propósito facilitar a prática desta arte marcial tradicional japonesa em todo o território nacional e estamos abertos a discutir pormenores de como o fazer em novos locais.